CÉDULA DE CONTRIBUIÇÃO DO PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO PTB - A importância de um item no contexto histórico.

Nossa postagem Numismática/Notafilica desta semana começa com este belo exemplar. Uma cédula de contribuição partidária com o valor facial de 5 cruzeiros da década de 40. A cédula representa um período em que o PTB estava em plena fundação. Neste exemplar temos a curiosa chancela de Paulo Baeta Neves, primeiro presidente do partido. Apesar de Baeta ter sido o primeiro presidente do partido, ele não conseguiria converter em votos o tamanho da história que cairia sobre ele e sua família. Conseguiu um mandato de deputado federal pelo Distrito Federal (ainda no Rio de Janeiro) em 1946 e só! Logo depois disso amargou várias derrotas nas urnas em 1950, ficando com a suplência, tentaria novamente o êxito no pleito de 1954 e mais uma vez foi derrotado. Faria uma última tentativa em 1958, mas o resultado eu creio que todos já desconfiam... Justamente!!! Uma nova derrota foi imposta ao inapto Baeta.

Mas os Baeta Neves não ficariam fora da politica, algumas décadas depois a família acabou sendo envolvida em denuncias da lava-jato em um futuro bem distante ao da fundação do partido! Vale lembrar também, que o Politico Roberto Jeferson, presidente do PTB também foi condenado e preso no processo do mensalão, mostrando que a legenda trabalhista realmente possui a aptidão de dar bastante trabalho aos brasileiros!
Creio que no partido a força politica estava somente ao lado de Getúlio Vargas, mas que teria um trágico fim! Parece até mesmo um carma que acompanha o PTB, com uma onda interminável de fracassos. Mas vamos salientar o último, grande e famoso ato da prole dos Baeta Neves. Paulo Roberto Baeta Neves (filho de Baeta) foi citado na Lava-Jato no recebimento de propina de R$ 5,7 milhões junto ao deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE) e ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Em delação premiada, o diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa disse que a quantia teria sido paga a título de propina relacionada a um acordo entre a Petrobras e o Sindicato dos Práticos. Paulo Roberto Baeta Neves faleceu em 2016.

O PTB mostrou não ter boas vibrações aos políticos que integram a legenda, perseguindo suas descendências dentro e fora do partido, assim foi com os Baeta Neves e também com a filha do delator do mensalão! Cristiane Brasil está com o bastão da maldição do PTB! Não sei dizer o que vai acontecer, mas se eu fosse ela, passaria o bastão rapidamente para outra pessoa... Uma coisa é certa! Esta cédula é histórica e vem com a chancela de um dos maiores fracassos políticos da história do PTB, Paulo Baeta Neves.

Deixe sua opinião nos comentários e o seu +1! Com sua opinião fazemos uma coleção mais forte e objetiva

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); CÂM. DEP. Relação dos dep.; COUTINHO, A. Brasil; Diário do Congresso Nacional; Estado de S. Paulo (19/9/76); Grande encic. Delta; HIPÓLITO, L. Campanha; HIRSCHOWICZ, E. Contemporâneos; Jornal dos Trab. Comércio do Brasil (12/75); SILVA, G. Constituinte; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (1, 2 e 6).





Postar um comentário

0 Comentários