COMEMORANDO O FIM DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - Eslováquia lança cédula de 0 euro.



A febre das cédulas de 0 Euro vem alcançando vários países do bloco econômico mais poderoso do mundo. A Eslováquia colocou em circulação na última segunda-feira (07/05) uma edição limitada de 5.000 cédulas de euro com um valor nominal de "zero" que comemora o fim da Segunda Guerra Mundial e é destinado a colecionadores. A informação foi divulgada em primeira mão pelo site da associação numismática Nunofi.

A iniciativa Eslovaca não é novidade para quem acompanha nosso blog e segue os passos de outros integrantes da comunidade europeia na promoção do turismo. Cédulas estampadas com monumentos e sem curso legal na Europa, apresentam a Torre Eiffel, em Paris, o Portão de Brandenburgo, em Berlim ou o Palácio do Vaticano, são algumas das que já foram lançadas.

Eslováquia escolheu para a sua cédula o Memorial da Revolta Nacional Eslovaca, localizada na cidade de Banska Bystrica, no centro do país, onde é preservada a memória da revolta popular armada que ocorreu em 1944 contra o regime pró-nazista que governou em seguida o país.

Na cédula a alegoria de um tanque Czechoslovakian LT-38 chama bastante atenção. Como as outras 0 Euro de outros países, ela é impressa em papel-moeda com as mesmas tecnologias das cédulas genuínas do Euro, têm características de segurança idênticas, como banda holográfica, o registro de impressão, marcas d'água em ultravioleta, microimpressão e fios de segurança, também tem uma textura em alto relevo (táteis) para pessoas com deficiência visual.


O curioso é que metade das cédulas desta edição serão enviadas ao exterior, e os eslovacos poderão comprar cada uma delas por 2 Euros em um caixa especial localizado no Museu da Revolta Nacional Eslovaca de Banska Bystrica.

A REVOLTA NACIONAL ESLOVACA

A Revolta Nacional Eslovaca de 1944 foi uma insurreição armada organizada pelo movimento de resistência eslovaco durante a Segunda Guerra Mundial contra o governo fantoche da Eslováquia apoiado pelo Terceiro Reich. Teve início em 29 de agosto de 1944 na cidade de Banská Bystrica em uma tentativa de derrubar o governo colaboracionista de Jozef Tiso e estabelecer uma área governada pelos partisans eslovacos em apoio ao avanço do Exército Vermelho sobre a Eslováquia. Embora as forças rebeldes tenham sido derrotadas pela Alemanha após dois meses de combates, as guerrilhas continuaram até que o exército soviético tomou a Eslováquia em 1945.

Tanque Czechoslovakian LT-38 - Retratado na cédula de 0 Euro




Fonte:
EFE / Associação Numismática Nunofi / Museu da Revolta Nacional Eslovaca de Banska Bystrica.
Tradução e complementos: Bruno Diniz – Historiador e Numismata

Postar um comentário

0 Comentários