ECO PILA – A mais nova moeda social circulará a partir de novembro no Rio Grande do Sul.



A ação é comandada pelo Núcleo Socioambiental da Associação Comercial Industrial e de Serviços – ACI Montenegro em parceria com os municípios de Montenegro e Pareci Novo no Rio Grande do Sul.

O projeto, é inspirado no modelo utilizado na cidade paulista de Santa Cruz da Esperança, que consiste em troca de resíduos (materiais como plástico, latinhas, jornais e papelão) por Eco Pilas. Com a troca, os cidadãos podem utilizar os Eco Pilas como moeda de compra em lojas credenciadas do município de Montenegro e Pareci Novo. Meio Eco Pila equivale à R$0,50 e 1 Eco Pila igual à R$ 1,00.

A moeda social tem o objetivo de minimizar impactos do lixo no meio ambiente, promover a consciência ambiental entre os cidadãos e compreender a realidade social da região.

De início, as trocas de materiais por Eco Pilas seguiram uma tabela base com os seguintes parâmetros:
01 Kg de latinhas = 3 Eco Pilas
04 Kg de papelão/jornal = 1 Eco Pila
01 Kg plástico = 1 Eco Pila

As empresas participantes do projeto serão cadastradas e passarão a aceitar o Eco Pila como forma de pagamento em suas vendas. Posteriormente, os comerciantes podem resgatar os Eco Pilas recebidos por dinheiro. Por fim, 10% do valor é revertido ao Núcleo Socioambiental para novas ações sociais, assim como eventuais custas de manutenção da estrutura que viabiliza a moeda social. Todas as empresas de reciclagem de resíduos também poderão participar, desde que associadas à entidade responsável pelo projeto e com todas as licenças em dia.

O projeto do Eco Pila está previsto para iniciar nos primeiros dias de novembro em ação realizada na Estação da Cultura de Montenegro.

Postar um comentário

1 Comentários