DETECTORISTA ENCONTRA MOEDAS RARAS – Moedas pertencem ao período da Primeira Guerra da Independência Escocesa.



Com auxílio de um detector de metais, Jaroslaw Musialkowski, de 45 anos, desenterrou um punhado de moedas de prata do período da Primeira Guerra da Independência Escocesa, ocorrida em 1303. As 200 moedas, utilizadas na Batalha de Roslin, foram encontradas por ele, seu irmão Marcin, de 47 anos, e seu sobrinho Kacper, de 23.

As moedas estão sendo estudadas por pesquisadores do Museu Nacional da Escócia, em Edimburgo, e algumas parecem retratar o rei inglês Edward I, cujo reinado durou de 1272 até 1307. Segundo Musialkowski, “nós encontramos prata no local anteriormente, mas nada desse nível. Alguns especialistas em arqueologia escavaram o local e pegaram alguns itens, mas não muitos. Foi só depois que encontramos mais 44 moedas que percebemos estar realmente frente a algo grande”.

Musialkowski e uma das moedas 
A Batalha de Roslin ocorreu em 1303, quando as forças escocesas derrotaram tropas inglesas. Dos 30 mil soldados ingleses enviados para a batalha, apenas 2 mil sobreviveram. Segundo Musialkowski, que é original de Puck, na Polônia, “existe uma teoria de que a prata era destinada a mulheres. Como existiam muitos homens no acampamento, isso é possível. Mas o mais provável é que o dinheiro foi o pagamento de mercenários que participaram da batalha”.


“Os contratantes talvez não quisessem pagar os soldados antes da batalha, pois é muito mais fácil pagar apenas os sobreviventes. Possivelmente, o dinheiro foi escondido com a intenção de ser desenterrado mais tarde. Mas temos que esperar para ver o que o museu diz."

Devido à ausência de joias e armas, a ideia de um saque após a batalha foi descartada. Segundo um porta-voz do tesouro escocês, a descoberta está sendo avaliada, e mais comentários poderão ser feitos posteriormente.

Postar um comentário

0 Comentários