MOEDAS FURADAS - Um mistério histórico mundial



Muitos ficam curiosos em relação ao furo em moedas desde a antiguidade, sejam elas cunhadas com furo ou com furo provocado por ação humana. Na era moderna observamos tais furos nas moedas japonesas de 5 e 50 ienes, mas nem mesmo a maioria dos japoneses saberão explicar. Neste artigo vou explicar o motivo por algumas moedas terem furos originais de cunhagem e furos provocados, assim, você poderá entender um pouco mais sobre o tema.

NÃO É SÓ NO JAPÃO - Saiba que não é apenas a moeda japonesas que possui um furo no meio. Diversos países como Noruega, China, Nova Guiné e Dinamarca já possuíram ou possuem moedas furadas na era moderna.

No Japão a moeda perfurada de 5 ienes foi originalmente criada em 1948 porque precisavam economizar os metais que ficaram escassos depois da segunda guerra mundial. Originalmente a moeda de 50 ienes não tinha nenhum buraco, mas ela era muito parecida com a de 100 ienes. Então fizeram um buraco na moeda de 50 ienes para economizar metal e também ajudar a identifica-las por meio da diferenciação estética. Os buracos nas moedas japonesas atualmente servem para auxiliar deficientes visuais na identificação do dinheiro do país.

Apesar de sabermos o principal motivo dos furos em moedas japonesas, ainda ficam muitas dúvidas com relação a origem dos furos nas moedas. Isso porque a mais de 1300 anos existiram diversas moedas japonesas com um furo quadrado no meio, até mesmo durante o período Edo (1603 – 1868). A China foi a influenciadora das moedas furadas do Japão e de outros países, influenciando grande parte da história e cultura de países do oriente como o Japão.

Na china antiga o círculo da moeda representava o universo e o quadrado no meio da moeda representava a terra. Com esta representação e significado do furo os chineses utilizavam as moedas como amuletos para trazer sorte em diversos rituais da cultura oriental. As moedas furadas também eram amarradas à cintura daqueles que as transportavam, isso facilitava o transporte de valores e as protegia dos ladrões durante as longas viagens.

OUTRAS UTILIDADES – As moedas eram furadas para as mais diversas finalidades e utilidades como servir de botões de roupas ou fazer colares, muitas foram utilizadas para rituais religiosos de origem africana e como amuletos da sorte ou em simpatias de ciganos romenos e espanhóis. Também foram utilizadas na fabricação de armas durante a segunda grande guerra. Antigamente as moedas eram fabricadas de uma maneira que a remoção e separação delas durante sua fundição era muito trabalhosa, os furos no meio facilitavam o processo.

No Brasil, alguns comerciantes também utilizavam a moeda furada como pingente em busca da mesma sorte, prática aprendida pelos portugueses e antes muito utilizada pelos chineses na antiguidade, romanos e ciganos romenos e espanhóis. Os rituais envolvendo moedas furadas foram sendo adaptados ao longo do tempo e foram ganhando um contorno folclórico e muito utilizado como simpatia.

Abaixo, alguns países que tiveram suas moedas furadas em seus projetos originais de cunhagem ou provocado pela ação de terceiros e suas diversas motivações.



NO FIM DAS CONTAS - A moeda furada existe a milhares de anos e isso é inegável. Ainda irão pairar dúvidas sobre quem, como e onde a ideia de furar a moedas surgiu, até mesmo o porquê? Será que teria sido somente por causa do custo e dificuldade de fabricação? Pela praticidade em transportar? Ou por motivos religiosos? Não podemos cravar as reais intenções ou motivações, mas podemos recontar e remontar períodos que nos apresentam os furos como um fato histórico cultural diverso e com aplicações ainda mais variadas do que podemos imaginar.

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Respostas
    1. Amigo, para alguns colecionadores as moedas com furos causados por ação diversa do homem não valem muita coisa, mas para outros colecionadores estas moedas podem ter sido parte de algum ritual religioso ou cultural, agregando algum valor. Os catálogos não precificam as moedas furadas intencionalmente por motivos óbvios, mas você poderá trabalhar com a redução de preço entre 30% e 50% do valor original da peça determinado em catálogo. A moedas com furos originais de cunho possuem valores garantidos em catálogos numismáticos. Espero que tenha ajudado!

      Excluir