INICIANDO UMA COLEÇÃO – Mesmo não sabendo nada sobre o assunto.


Dedicar um tempo em pesquisas e assuntos numismáticos é uma ótima opção para que você possa obter um bom nível de conhecimento.  O aprendizado lhe ajudará muito na hora de decidir os rumos de sua coleção e até mesmo nas decisões sobre comprar ou não uma determinada peça.

Muitas pessoas são ansiosas e isso não pode ser levado ao meio numismático. É importante lembrar que uma coleção não será montada da noite para o dia. É preciso ter paciência, discernimento e determinar os objetivos de sua coleção.

Uma coleção numismática ou notafilica não possui um custo de manutenção elevado, pois você irá precisar somente de capsulas, envelopes de poliéster e álbuns para as moedas, bem como, acetatos e álbuns para as cédulas. É fundamental que você observe sua coleção periodicamente para que ela não acumule umidade e venha a oxidar as moedas e manchar as cédulas. Preocupe-se sempre com o estado de conservação de suas peças para que sua coleção esteja sempre valorizada aos olhos e ao interesse daqueles que comercializam cédulas e moedas.  

Saber como o mercado reage aos vários níveis de conservação de cédulas e moedas também fundamenta uma das principais áreas do conhecimento numismático e notafilico, pois devemos nos aproximar cada vez mais das habilidades de avaliação do estado de conservação das peças. É importante saber que há uma grande diferença entre uma moeda FC (flor de cunho) e a mesma moeda MBC (muito bem conservada). O valor de mercado de ambas também será completamente diferente, uma vez que, para uma peça avançar ao longo dos séculos sem um arranhão sequer, muitos cuidados foram tomados e este cuidado premiado com uma graduação do estado de conservação equivalente a sua preservação, merecendo uma valorização acentuada no mercado numismático. O mesmo se aplica para cédulas. Uma cédula sem nenhuma dobra, mancha ou rasgos, graduada como FE (flor de estampa), terá seu valor acentuado por conta do estado de conservação.

Podemos observar que é possível iniciar uma coleção do zero. Ao iniciar sua coleção procure fontes seguras de informação e plataformas comerciais que poderão contribuir para que você possa aumentar seu acervo sem colocar em risco seu investimento. No final das contas uma boa coleção depende do seu gosto, ou daquilo que cabe no seu bolso.

Faça boas escolhas!


Banner de parceria entre Diniz Numismática e Collectgram

Postar um comentário

0 Comentários