MOEDAS DE 1000 RÉIS 1889 – Podem valer uma pequena fortuna!

 

A numismática não é feita só de estudos e discussões eruditas em torno das peças que compõem nossas coleções. Nossa ciência também tem comércio e discussões sobre valores de mercado das mais variadas peças. Hoje queremos apresentar uma peça que está extremamente valorizada e que vem chamando a atenção de muitos colecionadores em todo o Brasil. Os 1000 réis de 1889 é a moeda da vez! Os anúncios na internet já ultrapassam o valor proposto para a moeda em seu estado MBC e nem vou comentar nesse texto os valores para estados superiores como SOB e FC, pois trouxemos um vídeo justamente para tratarmos da questão dos valores referenciados pelo mercado numismático. Vale lembrar que não esquecemos da pequena moeda de 500 réis de 1889. Todos os valores estão em nosso vídeo.

ASSISTA AO VÍDEO PARA MAIS DETALHES

Valores de mercado estão devidamente explicados em nosso vídeo.

 

As características desta moeda são de encher os olhos pois a peça possui uma belíssima cunhagem em prata, contando com 30,0mm de diâmetro e um peso de 12,75g, sua espessura atinge gentis 2,00mm e a borda é serrilhada. A moeda também conta com um eixo comum em moedas brasileiras sendo este, reverso moeda.

Foi de fato um dos mais belos cunhos já abertos para moedas brasileiras e estas são as primeiras moedas de prata do período republicano de nosso país. Aas peças foram cunhadas pela Casa da Moeda do Brasil e o abridor de cunho foi Francisco José Pinto Carneiro (F.C.).

Em seu anverso temos o Busto representando a República e a liberdade, com o barrete frígio, circundada pela inscrição “REPUBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRAZIL” e era 1889 entre estrelas.

No reverso da moeda temos o Cruzeiro do Sul orlado por anel de 21 estrelas e mais externamente pela inscrição “ORDEM E PROGESSO” e o valor facial entre estrelas.

O período de circulação da peça nos remete a República Velha (1889-1930). Primeiro período da República Brasileira que se estendeu desde a proclamação da República, em 15.11.1889, até a Revolução de 1930 que depôs o 13º e último presidente da República Velha, Washington Luís.

Fonte e imagens utilizadas: Moedas do Brasil

Banner de parceria entre Diniz Numismática e Collectgram

Postar um comentário

0 Comentários