O Carimbo Piratini



Na numismática brasileira é a re-cunhagem em moedas do império para circular na República Riograndense em moedas de prata e cobre circulou entre 1835 – 1845.
Os belos carimbos oficiais e particulares em moedas brasileiras sempre foram alvo de estudos da sociedade numismática brasileira. Muitos colecionadores espalhados por todo o pais ainda possuem duvidas sobre a oficialização documentada de tal carimbo. O carimbo Piratini sempre despertou interesse de colecionadores e comerciantes, que viam nas moedas marcadas, oficial ou não uma forma de obter lucros astronômicos sobre uma determinada peça curiosa da história do Rio Grande do Sul. Alguns especialistas dizem  que o uso do carimbo Piratini é algo fantasioso, e que foi inventado apenas para comemorar ou ate mesmo lembrar a fundação da República Piratini. A pergunta que não quer calar, e que ainda não ficou totalmente esclarecida. Será que não passou de uma mera gozação revolucionaria da época? Ou será que verdadeiramente ele existiu com o propósito de dar cara as moedas circulantes dos revolucionários gaúchos?  Creio que continuaremos  tendo que aguardar novas provas e documentações de que o carimbo Piratini recebeu realmente a autorização oficial para ser cunhado em moedas de cobre e prata do Império do Brasil.
Espero que eu viva para ver o final dessa historia!

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Prober diz que o único tipo verdadeiro de Carimbo do Piratini é o carimbo "anônimo" com espada longa e curva. O resto ele dizia que eram falsificações/fantasias.

    ABraços.

    ResponderExcluir
  2. Procure ler este artigo editado sobre o carimbo Piratini: http://www.docvirt.com/WI/hotpages/hotpage.aspx?bib=MHN&pagfis=8757&pesq=&url=http://docvirt.no-ip.com/docreader.net
    Vai clarear sua opinião sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  3. http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=718742&pasta=ano%20183&pesq=31%20de%20outubro

    ResponderExcluir