AYACUCHO, A GRANDE BATALHA DE 1824 - Por uma América livre!


Nossa postagem irá trazer uma análise aprofundada do assunto, servirá Também como amostra dá importância de uma moeda para a preservação dos acontecimentos históricos. Hoje trago aos amigos esta moeda boliviana que ilustra a postagem. Seu valor facial e nomenclatura de padrão monetário correspondem: (SOLES) 4S de 1830 - Prata - Busto de Simon Bolivar. Uma sobrevivente do tempo.



Ela é uma moeda alusiva a “Ayacucho - Sucre -1824 ”, uma referência a batalha de Ayacucho onde o exército do Rei Fernando da Espanha enfrentou o exército dos Libertários da América. Nesta batalha selou-se o destino da América pela libertação, assim a Bolívia passou a existir como uma nação, liberta e livre do jugo colonial da Espanha. Todas as moedas de 1830 tem essa inscrição que é chamada de "Dístico", por refletir a maior glória da Bolívia até então. Assim podemos reafirmar a importância das moedas para propagação da cultura, história, ciências e muitas outras áreas da vida humana.

Sobre a batalha

Simon Bolivar se retirava naquele momento do comando do exército libertador. E com isso o  sucede Antônio José de Sucre. Que mantém unido o seu exército em um só corpo. A situação antes da batalha foi muito desigual: Os independentes patriotas eram 6.000 homens e os monarquistas tinham número superior aos 9000 homens. Mas a fé na liberdade era tremenda e não diminuiu diante desta dificuldade letal. O comandante do exército libertador Antônio José de Sucre usou uma frase quase que profética antes da batalha:

”Dos esforços neste dia depende o futuro da América do Sul!”

O local onde eles foram para travar a grande batalha libertária foi uma planície localizada a partir do pé de Condorcanqui, e se estende até o Pampa de Ayacucho (Peru), ocorrendo no dia 9 de dezembro de 1824.

Foi certamente uma batalha sangrenta, onde o vice-rei espanhol foi ferido e seu exército derrotado. Sob as ordens de Sucre combateram em unidade oficiais de todas as regiões: da Venezuela, Colômbia, Equador, Panamá, Argentina, Peru, Bolívia, Paraguai, Brasil, Chile, Uruguai, Curaçao, Porto Rico, Guatemala e México. Bolívar disse que a vitória só se daria em unidade; e a premissa era: não dividir seu exército e mantê-lo a todo custo!

Depois da Batalha de Ayacucho ocorreu a independência das nações da América do Sul. Foi um fato influente para as novas nações das Américas: Peru, Chile, Argentina, Equador, Colômbia, Venezuela, Paraguai, Uruguai, Bolívia. E também para América Central: Guatemala, Honduras, El Salvador, Panamá Costa Rica, Nicarágua; na América do Norte, México, e outros mais tarde, no Caribe. Todas estas nações, e outras, mais tarde tornaram-se povos livres por conta desta batalha.

A crença nos escritos Mórmons

Eles acreditam que todos os atos daquela batalha tinham sido profetizados anteriormente pelos escritos do livro dos Mórmons, algumas sendo cumpridas durante a sangrenta batalha. A vitória já era dada como certa. Veja o que nos diz os escritos:

19 E eu, Néfi, vi que os gentios que haviam saído do cativeiro (As novas nações) foram libertados das mãos de todas as outras nações, pelo poder de Deus.

20 E aconteceu que eu, Néfi, vi que eles prosperaram na terra

15 E vi que o Espírito do Senhor estava sobre os gentios e eles prosperaram e receberam a terra por herança

30 Vês, não obstante, os gentios que saíram do cativeiro e que foram elevados pelo poder de Deus acima de todas as outras nações, na face da terra, que é uma terra escolhida acima de todas as outras terras, que é a terra que o Senhor Deus prometeu a teu pai, por convênio, que seria a terra de herança de seus descendentes; vês, portanto, que o Senhor Deus não permitirá que os gentios destruam completamente a mescla de tua semente que está entre os teus irmãos.(1 Nefi 13)

Livro de Nefi

Após Ayacucho, o que aconteceu na América do Sul?

1825 - Os exércitos espanhóis são totalmente vencidos. É assegurada a independência de todo o continente.

- Organiza-se uma nova nação. A “Bolívia”. Esta nova nação jura sua primeira constituição depois de um ano de elaboração (Elaborada em 1826).

- A Batalha de Ayacucho liberta ás nações de America do sul da Europa

- Na América do Sul, a partir deste tempo organizaram-se quase todas as nações como de fato nações livres, com constituições e leis honoráveis.

 - Ainda em 1825 a Argentina une suas províncias num governo unitário.

Depois de tudo ainda ocorreria a Guerra da Cisplatina para na parte Oriental (atual Uruguai). Pedro I, seus exércitos e suas frotas invadiram o território para obter o domínio nos rios da Argentina. Essas batalhas foram dadas em terra e na água, mas isso já é um assunto para uma próxima postagem!





Postar um comentário

0 Comentários