KURT PROBER - Há exatos 10 anos, falecia um dos maiores numismatas do Brasil! Kurt Prober.



Alemão de nascimento e brasileiro de coração, Prober veio ao Brasil ainda na década de 1920. Em nossas terras encontrou acolhimento onde naturalizado passou a ser tão brasileiro quanto nós. Um dos maiores nomes da numismática brasileira do século XX. Um colecionador e estudioso, autor de diversos livros, dentre os quais lembramos:

- Catálogo das Moedas Brasileiras, 1a, 2a e 3a Edições
- Carimbos de Minas
- Carimbos de Cuyabá e Matto Grosso
- Manual de Numismática, 1a e 2a Edição
- Moedas Falsas e Falsificadas do Brasil
- Obdisionais, as Primeiras Moedas o Brasil
- Catálogo das Medalhas da República
- Catálogo das Moedas Brasileiras de Prata
- Catálogo das Moedas Brasileiras de Cobre e demais obras

Deixou um enorme legado à numismática nacional com estas publicações. Foi co-fundador da Associação Brasileira de Numismática, no Rio de Janeiro. Suas obras, pioneiras, tinham por objetivo elucidar qualquer dúvida referente às peças da numária nacional, trazendo ao debate desta ciência, temas polêmicos e que até hoje fomentam intermináveis discussões. Podemos citar as moedas falsificadas, não para o meio circulante, mas com o intuito de enganar colecionadores.

Muitas foram as contribuições desta importante figura da ciência numismática nacional. Graças ao seu estudo e a seriedade em pesquisas aprofundadas em vários temas da numismática, Prober se tornou a grande referência brasileira no assunto. Hoje lembramos e prestamos esta merecida homenagem ao pioneiro do século XX Kurt Prober.

Texto adaptado do original de Ednilson Araújo
Adaptações: Bruno Diniz

Postar um comentário

0 Comentários