ÁLBUM PARA COLEÇÃO DE MOEDAS POR TIPO – Uma grande novidade para os colecionadores.


Muitos colecionadores montam seus acervos por tipo. A coleção por tipo envolve uma moeda de cada série de todos os padrões monetários já circulados no Brasil, mas este importante segmento de colecionadores, ainda não havia sido contemplado com um material voltado especialmente para suas necessidades.

Nós observamos este novo material do mercado e iremos trazer nossa impressão, mas antes queremos lhe apresentar o produto. O box é composto por dois álbuns que contemplam as moedas brasileiras dos vários metais de 1868 até os dias atuais. Diferente dos álbuns de coleção por datas, nesse álbum, basta colocar uma moeda de cada tipo nos espaços pré-definidos.  Os álbuns possuem capacidade para 159 moedas e os dois são armazenados em uma bela caixa, que em tese, facilitará sua vida na hora de guardar o material em prateleiras ou armários.


PONTOS POSITIVOS - O álbum facilitará a guarda, exposição e manuseio de suas peças desde que você não precise manusear com tanta frequência. Ele também possui uma ficha técnica dos padrões que poderá ajudar bastante. O sistema de proteção para as moedas é composto por lâminas de acetato, protegendo as moedas e permitindo a visualização em ambos os lados. Visualmente é muito belo e bem dividido.

PONTOS NEGATIVOS - Não conter os espaços para moedas de ouro é o primeiro deles, mas até podemos compreender. Uma coisa infelizmente não podemos deixar passar, pois as ausências das moedas de prata comprometem a qualidade e importância do álbum e poderá afastar alguns numismatas e colecionadores. O acabamento precisa de melhorias, pois ainda podemos notar bolhas consideráveis na colagem das páginas que prejudicam a beleza das impressões do material. Os álbuns são feitos em um papel tipo cartão bem grosso, e depois é recoberto com um papel fino onde observamos as impressões. Esta camada fina de papel é colada somente em suas bordas deixando somente o espaço de adicionar o acetato que segura as moedas. O papel fino com a impressão solta com certa facilidade e provoca as chamadas “orelhas” nas pontas, exigindo do colecionador um maior cuidado na hora de colocar ou retirar o acetato de dentro das folhas do álbum. Caso não tome cuidado o risco de rasgar o seu álbum será enorme. Alguns encaixes das moedas não foram bem projetados apresentando erros sérios de diâmetro, deixando algumas moedas com folga e outras que nem sequer conseguimos encaixar nos espaços. A capa também mostrou seu ponto fraco, apesar da beleza! Nota-se a falta de firmeza e fragilidade do material utilizado. Podemos cravar! Se for manuseado com muita frequência, o material não resistirá por muito tempo. 




Daríamos uma nota 5 para o álbum, sendo recomendado principalmente para os colecionadores iniciantes. Quem sabe uma próxima edição do álbum possa trazer mudanças qualitativas que agradem aos colecionadores mais experientes. Apesar de tudo, a ideia é fantástica e certamente será aprimorada pelos idealizadores. 


Nota: Não vendemos o produto e não temos qualquer ligação com seus idealizadores.
Banner de parceria entre Diniz Numismática e Collectgram

Postar um comentário

3 Comentários