QUER LIMPAR E POLIR SUAS MOEDAS? - Uma dica importante aos colecionadores do Brasil.

São muitos os canais do YouTube que recomendam a limpeza de moedas utilizando vários tipos de polidores como este. Mas devo avisar que numismatas e colecionadores sérios consideram o produto como o inimigo número 1 das coleções e acervos numismáticos, além de ser também um grande poluidor.

Neste dia do meio ambiente queremos lhe oferecer uma visão técnica sobre a composição e os malefícios do uso deste produto em acervos numismáticos

RECOMENDAÇÃO IMPORTANTE - Não faça esse tipo de limpeza em suas moedas! Polir uma moeda pode aparecer legal e bonito, mas na verdade você está tirando a pátina, removendo a personalidade e a História das moedas.

VAMOS LÁ - Uma limpeza profunda pode destruir completamente a peça, pois os abrasivos presentes na composição do material podem causar arranhões que reduzem drasticamente a qualidade da moeda.

Para termos uma ideia, vamos verificar de perto acomposicao do produto ilustrado em nossa postagem. Vale lembrar que esta é uma empresa australiana e que possui no mínimo três composições em algumas partes do mundo. A composição comercializada no Brasil é a mesma composição comercializada na América do Norte.

O rótulo lista para a oceania "Hidrocarbonetos líquidos 630g / L; amônia 5g / L", enquanto a na América do Norte o produto é composto por álcool isopropílico de 3 a 5%, amônia de 5 a 10%, sílica em pó de 15 a 20 % e ácido oxálico 0-3%. No entanto, a versão comercializada na oceania ainda contém caulino em vez de sílica para abrasivos.

No Reino Unido a composição possui elementos como C8-10 alcano / cicloalcano / hidrocarbonetos aromáticos, quartzo, ácidos graxos insaturados C14-18 e C16-18, caulinita, aqua, hidróxido de amônio e hidróxido de ferro. Em uma nova mistura ligeiramente diferente encontramos; Hidrocarbonetos alcalinos / cicloalcanos / aromáticos C8-10, quartzo, caulino, ácidos graxos monobásicos saturados e insaturados C12-20, hidróxido de hidrogênio e amônio.

Veja o quanto as composições podem ser danosas ao seu acervo e ao meio ambiente de uma forma geral. 

A principal dica de hoje? Não utilizar abrasivos para limpeza e polimento de moedas pois estas não devem ser profundamente limpas e muito menos polidas. Água corrente e sabão neutro em um leve esfregar de dedos resolverá o problema. Uma flanela de microfibra poderá ser utilizada para secar a peça. O polimento está descartado em qualquer hipótese.





Banner de parceria entre Diniz Numismática e Collectgram

Postar um comentário

0 Comentários