AS MOEDAS MAIS DESVALORIZADAS DO MUNDO – Conheça os cinco piores desempenhos



A Desvalorização de uma determinada moeda pode ocorrer pelos mais variados problemas enfrentados por uma nação. Problemas de cunho econômico, político e até mesmo desastres naturais entram como justificativa para uma eventual desvalorização.

Para que todos possam entender de uma forma mais simplificada, uma moeda fraca é aquela cujo valor cai em relação a outras moedas existentes no mundo. Geralmente a mazela da desvalorização de uma moeda tem como vítima nações em que a gestão econômica é ineficiente e irresponsável, causando índices altíssimos de inflação e um crescimento econômico de lento a praticamente inexistente.

NO BRASIL - O Real brasileiro, depois de um início promissor em que chegou ao quadro comparativo de 1 por 1 frente ao dólar americano lá em 1994, não conseguiu manter o ritmo, as seguidas crises econômicas desvalorizaram nossa moeda, mas ainda não figuramos da desconfortável lista dos desesperados, mesmo sem conseguir acompanhar o euro, o dólar ou libra britânica, mas com fé no futuro quem sabe as coisas melhorem para o nosso querido Real.

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre as causas da desvalorização de uma moeda no mercado internacional, chegou a hora de conhecer algumas das mais cambaleantes moedas do mundo. Para isso iremos utilizar como comparativo o dólar americano e quanto em moeda local é preciso ter na carteira para igualar o incrível valor nominal de um misero dólar americano:  

Kip - Lao

1 USD = 8.530

Desde o seu lançamento em 1952, a moeda tem ganho alguma valorização em comparação com o dólar americano, apresentando sempre uma discreta evolução e nunca provando a desvalorização, no entanto, a sua taxa de conversão é extremamente baixa. Ainda terão que percorrer um longo caminho rumo a competitividade no mercado internacional.

Franco - Guiné

1 USD = 9.125

A inflação é o grande inimigo do Franco guineano, conflitos, pobreza extrema e uma fraca política econômica  tornam a moeda da Guiné atualmente, uma das moedas mais fracas do continente africano. O país é rico em ouro e alumínio, mas a exploração não desenvolve a região e nos mostra que nada é investido por lá. Uma vasta riqueza nas mãos de poucos.

Rupia - Indonésia

1 USD = 15.181,35

A Indonésia é um país economicamente estável e desenvolvido. Está localizado no sudeste da Ásia. No entanto, contra as expectativas, a moeda tem uma taxa de conversão bastante baixa. As autoridades reguladoras têm tentado fortalecer a moeda nacional, mas até agora, todos os esforços postos nesta tarefa não têm dado resultados significativos. O dólar americano é muito utilizado por lá, tornando a moeda local preterida por grande parte da população.

Dong - Vietnã

1 USD = 23.355

O Vietnã ainda sofre as consequências de uma economia centralizada que têm desvalorizado a moeda significativamente ao longo dos anos, o que coloca a sua moeda nacional como a segunda mais pobre da lista. No entanto, especialistas insistem que o governo vietnamês está na direção certa, e que em breve o Dong estará lado a lado com os países asiáticos vizinhos. Será?

Rial - Irã

1 USD = 42.105

O Irã já se envolveu em conflitos e guerras, já polemizou acerca do desenvolvimento de armas nucleares. As polemicas posições e ações do país, influenciaram algumas das maiores potências mundiais a forçar sanções políticas e econômicas contra o governo iraniano ao longo dos anos. Algumas destas medidas incluíram o acesso restrito ao mercado mundial de mercadorias (commodities), esta restrição influenciou negativamente a economia do Irã. O país e um grande produtor de petróleo e as sanções aplicadas ao país impediu o governo local de realizar exportações, gerando um déficit brutal em seu orçamento.



Banner de parceria entre Diniz Numismática e Collectgram

Postar um comentário

0 Comentários