Sou neto de pioneiros, filho de pioneiros e com orgulho no coração e muita alegria posso afirmar que sou candango. A etmologia do termo "candango" remonta a forma como os africanos chamavam os portugueses, por achar que os lusitanos eram seres desprezíveis e abjetos. 

O termo acabou contrariando sua original destinação e serviu para identificar os trabalhadores da contrução da nova capital como seres desprezíveis. Muitos trabalharam e morreram em canteiros de obras sem ao menos terem um funeral digno por suas contribuições. Brasília ficou marcada por esse povo tão cheio de sonhos e mãos calejadas, foram humilhações, um massacre promovido pela antiga GEB, trabalho árduo e hiatos familiares que são lembrados em todas as datas em que a capital da esperança celebra uma nova primavera.

Com o tempo Brasília foi se tornando mais leve, deixando para trás as agruras dos 1000 dias de agonia, trabalho duro e incertezas que pairavam sobre a capital.

Sei que o espaço deste site é dedicado exclusivamente para falar de cédulas e moedas, mas não poderia deixar de lembrar de uma infância feliz nas ruas de terra batida da "Velha Cap", e que tempos depois seria chamada de Candangolândia. A verdadeira cidade dos candangos, descendentes de nordestinos trabalhadores. Como era bom correr atrás do tio que comprava garrafas, para que pudéssemos ir até a vendinha comprar doces, entrar no zoológico pelos fundos com a ajuda dos vigias da fundação zoobotânica. Íamos aos córregos das medicações todos limpos e ainda bem preservados. 

Hoje Brasília faz 61 anos! Nossa querida cidade, criada a partir de uma bela visão de uma construção que beirou a ingratidão, onde a política fere fundo sua moral tal como um ferrão. Brasília segue sua jornada de paz, guerra, conflitos, sonhos e desilusões, despertando amores, quebrando corações, mas preservando em nosso profundo a consideração por uma história que não pode deixar de ser contada ao longo de gerações. Mas o dia 21 de abril abre outras páginas do passado diante de nós, onde a Inconfidência Mineira, ou Conjuração Mineira ocorria, uma revolta lá do longínquo 1789, o ato tinha viés republicano e separatista, sendo organizado pela elite socioeconômica da capitania de Minas Gerais contra o domínio colonial português.
A inconfidência foi baseada nos ideais do Iluminismo e teve influência das revoltas americanas, que resultaram na independência dos Estados Unidos. 

O movimento foi posteriormente traído por Joaquim Silvério dos Reis, também responsável pela denúncia em troca de perdão de suas dívidas com a Coroa. Todos os líderes da Inconfidência Mineira tiveram suas penas amenizadas, menos Tiradentes.

Para mim uma data especial e histórica, uma data que me fez decidir até mesmo os rumos da minha vida acadêmica.

Feliz 21 de abril para quem é candango, mas também aos brasilienses que também são filhos dessa terra, e aos mineiros pela força e luta por um ideal.
Banner de parceria entre Diniz Numismática e Collectgram