1 CRUZEIRO 1977 E 1978 – A baixa tiragem de uma moeda quase esquecida



A moeda de 1 Cruzeiro cunhada com as datas de 1977 e 1978, muitas vezes é desprezada por olhos menos atentos por ser gêmea idêntica de moedas cunhadas em 1970, 74, 75 e 76. Todas com produção na casa dos milhões. Nosso artigo tem o objetivo de valorizar as moedas de 1 cruzeiro cunhadas com as datas de 1977 e 1978. Uma justa valorização que você verá ao longo do texto.

A moeda em questão pode ser oficialmente denominada como Cr$1,00 – um cruzeiro – 1ª família, com diâmetro de 29,0mm. Apresenta em seu anverso Efígie da República, acompanhando a orla, à esquerda, a legenda BRASIL. Ao centro, na parte superior, uma estrela representativa da nova capital e, na parte inferior, a rosa-dos-ventos. No reverso podemos observar dísticos indicativos do valor e da era, e um ramo de café estilizado, simbolizando a agricultura. A moeda possui o bordo serrilhado e uma espessura de 1.7mm. Circulou de 15 de maio de 1970 a 27 de fevereiro de 1986.

CURIOSIDADES

- Em 1974 foram cunhadas moedas de 1 cruzeiro com data de 1970.

- Tônia Carrero teria inspirado o desenho das moedas de cruzeiro dos anos 70. Em 2016, o numismata Emerson Pippi em investigação histórica encomendada pela revista da Sociedade Numismática Paranaense. Obteve a informação junto à assessora técnica do gabinete da presidência da Casa da Moeda do Brasil, Glória Dias. A assessora alegou que o desenho da efígie foi obra do gravador e numismata Benedicto Ribeiro, este, fã de Tônia Carrero, e teria por esse motivo utilizado extraoficialmente a imagem em perfil da atriz, como inspiração para o projeto.


- A moeda de 1 cruzeiro, 1970, embora tenha o mesmo diâmetro das outras moedas cunhadas posteriormente, possui uma boa diferença em seu peso. A moeda pesa somente 10,08g, enquanto todas as outras pesam 10,25g.

MOEDAS COMUNS – Como todos os padrões anteriores e também aqueles que vieram após o Cruzeiro, as tiragens, cunhagens de moedas, eram muito agressivas, pois tinham que manter o meio circulante de um país continental totalmente abastecido. Abaixo a tiragem das moedas de 1 cruzeiro consideradas comuns:

ANO – TIRAGEM

1970 – 53.271.200* (Não inclui as moedas com data de 1970 cunhadas em 1974)
Moeda composta por níquel com peso de 10.08g

1974 – 24.135.526* (inclui as moedas com data de 1970 cunhadas em 1974)
Moeda composta por cuproníquel (75/25) com peso de 10.25g

1975 – 21.613.000
Moeda composta por cuproníquel (75/25) com peso de 10.25g


1976 – 26.146.000
Moeda composta por cuproníquel (75/25) com peso de 10.25g

MOEDAS ESCASSAS - Após vermos a alta tiragem de outras datas, podemos afirmar que passa despercebido por muitos colecionadores o fato de que as moedas datadas de 1977 e 1978 possuem uma tiragem que deveria colocar essas moedas em uma galeria seleta de moedas consideradas de baixa tiragem escassas ou até mesmo com um grau de raridade um pouco mais elevado.

1977 – 98.000
Moeda composta por cuproníquel (75/25) com peso de 10.25g

1978 – 77.000
Moeda composta por cuproníquel (75/25) com peso de 10.25g

VALOR REFERENCIADO – Os valores referenciados por catálogos não são soberanos, mas servem para nortear algumas negociações. A oferta e a procura sempre irão reger uma ação comercial. Mesmo em posse dessas informações, nos parece incompreensível o baixo valor destas moedas datadas de 1977 e 1978, pois além da baixa tiragem, com o passar dos anos muitas moedas não apresentam mais um bom estado de conservação, outras se perdem e um baixo número chegam aos acervos. Quem ou o que estaria por trás disso? Certamente, mais um mistério da numismática.

1977 - Em catálogo, as moedas podem chegar aos valores de: R$2,50 MBC, R$9,00 SOB ou R$25,00 FC. Valores certamente incompatíveis com a dificuldade em encontrar essas peças no mercado e que não fazem justiça a baixa tiragem.


1978 - Em catálogo, as moedas podem chegar aos valores de: R$3,00 MBC, R$10,00 SOB ou R$30,00 FC. Valores certamente incompatíveis com a dificuldade em encontrar essas peças no mercado e que não fazem justiça a baixa tiragem.


Em alguns sites de vendas, as moedas de 1977 e 1978, já atingem valores em torno de R$55,00 e R$70,00. Para muitos, os valores são fora dos padrões por não utilizar uma proximidade aos valores de catálogo, mas creio até mesmo que seja baixo em relação a tiragem. Algumas moedas de outros padrões sofrem a mesma desvalorização, mesmo com a baixa tiragem.

Mesmo ciente da falta de informação de muitos vendedores da plataforma Mercado Livre, os valores retirados para este artigo foram coletados de perfis de comerciantes sérios e com ótima reputação. Garantindo uma melhor referencia para nosso estudo.

Veja abaixo uma simples comparação com a moeda de Cruzado Novo, 1990, com valor facial de 5 centavos, cunhada em aço inoxidável, com bordo liso, peso de 2,26g e uma espessura de 1,2mm. Seu diâmetro é de 17,5mm. A moeda circulou entre 28 de abril de 1989 a 31 de julho de 1993 e apresenta valores referenciados de: R$16,00 MBC, R$40,00 SOB ou R$110,00 FC. Para uma tiragem de 934.000 Mil moedas.
É em alguns casos incompreensível a diferença ou tratamento dado por alguns e para algumas peças. Nos faz questionar se de fato existe um método cientifico ou se estamos diante de um processo meramente comercial, que segue o fluxo tendencioso e momentâneo da moda?





Banner de parceria entre Diniz Numismática e Collectgram

Postar um comentário

0 Comentários